Postagens recentes

  • Poemas e poesias
    Milord

        Tempo Senhor Implacável Imutável  Indiferente Desafiado! Quiçá, controlá-lo. Nas paredes, nas torres…  Esperar. Será clemente? Com a moça que corre Com o moribundo Com o noivo no altar Impõe devoção  O conferir constante das horas Dará tempo? Carregamos Aprisionado nos pulsos Mas ele escapa… De nossas mãos…

  • Poemas e poesias
    Ode ao amigo

    Vimos-te passar breve No alto de tua glória Como formoso cravo Em seu descerrar Mas no oculto do esplendor jazia a ferida A existência! Chaga mortal a fustigar No sussurrar da aurora Remando a escuridão Como orvalho rompera o dia No ventre da solidão Abraçara o fim Coroação da vida De volta ao pó do […]

Arquivos
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Seguir modo abstrato