Evento
FEIRA MIOLO(S)

12208249_10203925267486811_857260072_n

No último sábado, dia 07 de novembro aconteceu a feira Miolo(s) organizada pela Editora Lote 42 na biblioteca Mário de Andrade no centro de São Paulo e eu estive lá. A feira acontece desde o ano passado e tem a intenção de repetir-se a cada ano no mesmo local. O que é uma ótima ideia porque a feira é muito interessante pela proposta e pelas atrações que traz. Não fui na do ano passado pois não sabia dela . Nesta edição teve palestras, oficinas, homenagem, premiação e diversos expositores independentes. Muita coisa linda e bacana de se ver e ler.

12212286_10203925284247230_732358406_n 12212378_10203925283527212_424292464_n

Eu participei da palestra com João Varela da Lote 42 sobre o tema ‘Publique Livros, Crie Editoras’. Fiquei interessada pois seria abordado o caminho que um livro faz em uma editora e também, a figura do autor.

12193278_1169277143085977_663440918469030113_n

Achei sua palestra muito bacana. Além de mostrar passo a passo (resumidamente) o caminho do livro, os preparativos que antecedem sua publicação. Ele abordou pontos bem pertinentes sobre os autores e deu uma ‘desmistificada’ nesta coisa do sonho que muitas pessoas tem de publicar por grandes editoras. Em suma, não que as grandes editoras não tenha mais seu valor mas, os tempos são outros e este não é o único caminho para um escritor ser publicado. Esta nova era digital, as redes sociais,  contribuem para um novo cenário no mercado literário e editorial.

Mas, se de um lado temos a ‘modernidade’, por outro lado atitudes mais tradicionais ainda podem ser muito positivas. O lançamento em espaços físicos e as feiras, por exemplo, são meios ainda muito interessantes e eficazes, segundo ele, de fazer com que a obra de um escritor chegue ao leitor e melhor, sem intermediários.

Ele ainda disse que a tendência do escritor isolado escrevendo seu livro é uma figura cada vez mais obsoleta nos dias de hoje. O escritor de hoje em dia deve dedicar de seu tempo não só escrevendo suas obras mas, interagindo, desenvolvendo uma sinergia.

Mas por outro lado, achei curioso que justamente neste ponto sobre a ‘sinergia’ (ele não usou esta palavra mas é disto que se trata) alguém da platéia falou sobre blogs literários e aí eu gritei: Opaaa!

Brincadeira. Não disse nada, não. Não disse porque não era um debate. Mas achei as opiniões equivocadas, pois foi dito que os blogs literários são blogs que recebem os livros das editoras para que blogueiros falem bem deles. Me pareceu uma nítida demonstração de desconhecimento sobre blogs literários.

Embora eu não conheça todos blogs literários – pois isto seria impossível visto que são milhares-, os que conheço não são desta forma. Alguns nem parcerias tem e nem querem ter. Outros, tem várias parcerias e nem por isso deixam de fazer críticas quando acham que devem. Aliás, existe blog onde o foco é justamente falar sobre os pontos negativos dos livros e o detalhe: o blog tem várias parcerias. Estes, são todos blogs que não abrem mão de darem sua opinião real sobre um livro. Até porque blogs que só falam bem dos livros não teriam crédito. Os leitores e os outros blogueiros (pois eles se leem), perceberiam isto. E ao que me parece, a opinião sincera é um dos quesitos para que as editoras que trabalham com parcerias com blogs, os escolham como parceiros. Ademais, mesmo os blogs tendo parcerias e recebendo livros das editoras, os blogueiros não deixam de comprar livros e mais livros. Uma coisa realmente as vezes fora do comum, o tanto de livros que estes blogueiros compram!

Talvez as opiniões equivocadas tenham sido resultado de uma experiência ruim resultando em uma ideia equivocada sobre blogs literários. Pode haver este tipo de blog? Bem, não duvido. Não vou dizer que não exista e nem que exista pois na verdade eu não saberia dizer. Particularmente desconheço tais blogs pois os que costumo acompanhar não são assim. Mas ainda que existam não são regra pelos motivos já expostos.

O participante que fez a pergunta opinou por fim que os blogs não ajudam uma obra e sim, atrapalham. Pois os blogueiros não sabem opinar corretamente sobre um livro. Fiquei surpresa com este pensamento. Ora, os blogueiros literários antes de mais nada são leitores. E se alguém escreve um livro acredito que queira saber a opinião de seus leitores sejam estes críticos especializados ou não.

Os blogs literários já fazem parte deste mundo literário e não vejo muito sentido em desconsiderar a opinião destes. A não ser que se queira vender livros apenas para críticos profissionais de jornais e revistas e aos leitores destes exclusivamente. Obviamente autores e editoras tem todo o direito de optarem por não terem parcerias com blogs assim como há blogs que não querem ter parcerias (eu por exemplo). Mas penso que os motivos não deveriam ser pelo desconhecimento de como as coisas funcionam.

Nesta questão de ‘opinião de blogueiros’, eu por exemplo, dependendo do autor e da obra compro as cegas mas, geralmente, antes de comprar um livro que não conheço, leio várias resenhas para saber as opiniões. Tanto as resenhas dos jornais e revistas quanto dos diversos blogs literários. As resenhas não me fazem comprar ou não um livro mas elas tem uma certa influência em minhas considerações para a decisão. Quanto mais opiniões, melhor. Pois cada leitor tem uma visão particular de uma obra. As vezes, o que ele não gostou é justamente o que eu estou a procura ou o contrário.

Para finalizar, voltando ao assunto da feira, eu adorei a experiência. Espero que ela aconteça novamente ano que vem e que eu possa ir de novo e aproveitar ainda mais deste evento.

12183824_470664696467778_6276478477540962215_o

Para conferir mais da feira que aconteceu, clique aqui.

Lee G.

Comente via Facebook

Comente via Facebook

About the author

Graduada em Comunicação Social (Rádio e Televisão) com habilitação em roteiro. Paulistana. Gosta de dias nublados, leituras densas, música, cinema, gastronomia, e escrever.

6 Comentários

  1. Brenda

    Adorei o post, Lee! Obrigada por compartilhar a sua experiência na feira! Queria muito ter ido, mas não rolou (é uma viagem de duas horas de ônibus da minha cidade à SP. Seria sussa, se não tivesse compromisso na sexta e no sábado. =/). Vai ficar para a próxima edição, também espero que tenha de novo.

    Beijo
    http://sobrelivrosetraducoes.com.br/

    • leiturasdalee

      Obrigada, Brenda! 🙂 Qual é tua cidade?Na próxima vc vem! Sempre tem eventos literários em São Paulo. Estou sempre postando lá na página do face. E de outros lugares também. Beijo

      • Brenda

        Sou de Santa Bárbara d’Oestw. Fica perto de Piracicaba e Campinas! Eu preciso começar a frequentar mais esses eventos em SP!

        • leiturasdalee

          Destas cidades eu já fui a Campinas. Vem sim para os eventos. São muito legais. Quando vier podemos combinar. Beijos. 🙂

  2. Mari

    Sério mesmo que tem gente que acha que blog literário atrapalha as obras? Uau, em que mundo essa pessoa vive? Hoje os blogs literários são uma das melhores plataformas para se falar sobre livros, dividir opiniões… Acho que quem disse isso não costuma visitar blog nenhum e fica espalhando bobagem por aí.
    Gosto da ideia dessa feira e acho super importante a existência de espaços assim.

    Beijos
    Mari

    • leiturasdalee

      Sério, Mari. Também fiquei surpresa com esta visão equivocada. A feira é muito legal e quero ir ano que vem de novo. Mas realmente esta visão sobre os blogs literários está muito equivocada. Beijos. Lee. 🙂

Deixe um comentário

Arquivos
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Seguir modo abstrato
%d blogueiros gostam disto: