Ensaios
CLASSIFICAÇÃO LITERÁRIA

duvida21

Você já evitou ler um livro por ser de um gênero que não gosta mas depois acabou lendo e gostou? E não fosse seu espírito aventureiro ou tê-lo ganhado de inimigo secreto no final do ano passado, e você jamais o leria.

Acho que em alguns casos isto acontece porque  o livro está mal classificado. As vezes também acontece de além de mal classificado estar mal divulgado. Aí acaba não sendo comentado em blogs literários nem fazendo parte de grupos sobre literatura.

Mas então você o leu por acaso e acaba gostando tanto do livro que o proclama aos quatro cantos da terra! Ao mesmo tempo em que fica ‘P’ pois já ia deixando de ler algo tão… Perfeito!

Parece bobagem mas a classificação de um livro é algo que deve ser tratado com carinho. Um livro deve comunicar-se com seu público. Capa, sinopse e classificação são um trio básico poderoso.

Aí você lê que um livro – que é sobre vampiros – é um Romance. Sem atentar-se que com Romance estão referindo-se ao estilo narrativo e não ao gênero “popular” que no caso seria o de Terror. Confuso, não?

Na classificação comum de gêneros um Romance é um livro de romance, né?! Do tipo “Homem ama mulher e lutará por seu amor até a morte”. Mas na classificação acadêmica é um estilo narrativo. Este exemplo é só para demonstrar que as confusões existem.

Mas por um lado, a classificação de gêneros não é uma tarefa muito fácil de se fazer. Nem mesmo para os mais entendidos, e até mesmo os escritores geralmente têm dificuldades em classificar sua própria obra quando esta é muito complexa. Do outro lado, há leitores que as vezes desconhecem estas classificações mais técnicas e complicadas. Estes dois embates podem acabar resultando na falta de comunicação entre um livro e seu público.

Outro problema que também pode ocorrer e aí não tem a ver com a dificuldade do escritor em classificar o gênero de sua obra nem do leitor diferenciar termos técnicos, é quando terceiros cometem este erro. Quem nunca pegou um livro na seção errada em uma livraria? Semelhante a isto, há sites de exposição e vendas de livros ou plataformas para leitura gratuita de obras que possuem poucas opções de gêneros em seu layout para enquadrá-los, oferecendo uma classificação pobre, limitada. Pior que isto, já vi sites que classificam todos os livros de literatura no gênero literário: ficção. Como assim? Nem sempre dá para sacar do que se trata o livro só pela sinopse.

E os críticos literários que classificam um livro conforme entenderem? O livro pode ser um Thriller Psicológico mas eles poderão dizer sarcasticamente que é uma Comédia. Mas aí é outra estória.

Enfim, passa-se tanto tempo escrevendo um livro, pesquisando, revisando, cuidando de todos os detalhes, lutando para entrar no mercado editorial que na hora de classificar o livro, o cuidado deveria ser o mesmo. É algo que não deveria ser negligenciado. Livro com o gênero mal classificado pode ser sinônimo de livro não lido. Um livro deve se comunicar diretamente com seu público alvo. Assim, ganha o leitor ganha o escritor.

 

Comente via Facebook

Comente via Facebook

About the author

Graduada em Comunicação Social (Rádio e Televisão) com habilitação em roteiro. Paulistana. Gosta de dias nublados, leituras densas, música, cinema, gastronomia, e escrever.

Deixe um comentário

Arquivos
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Seguir modo abstrato
%d blogueiros gostam disto: