Literatura Inglesa
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

Sempre tive curiosidade em ler a série Harry Potter dada a sua fama até mesmo entre adultos. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban é o terceiro volume da série e sobre este volume especificamente (pois não li os outros), não me surpreendi tanto quanto eu esperava.

Sobre a escrita da autora J.K. Rowling, eu achei uma escrita simples embora cativante de um modo geral, assim como os personagens. Mas estes, achei um tanto rasos, sem profundidade. Houve alguns momentos em que a autora tentou dar uma certa ambiguidade à Harry; Hermione e Rony (personagens principais) e isto achei um ponto forte do livro. Saiu um pouco da coisa dos ”mocinhos e bandidos”, ”a luta do bem contra o mal”. Algo muito explícito no livro.

Não sei nos outros volumes da série mas neste terceiro livro, o personagem Harry Potter é bem apático para um protagonista. No começo do livro ele cativa com seus problemas familiares (ele mora com os tios) e com sua fuga. Depois, no decorrer da estória ele torna-se mais um coadjuvante. O que soa forçada sua popularidade no colégio sendo ele tão apático. Talvez por ser um bom jogador de quadribol? Empatia por causa do que aconteceu com seus pais? Mas não convence. 

A trama é interessante embora com muitos altos e baixos. O jogo esportivo do colégio (quadribol) ocupa boa parte dos eventos ficando um tanto maçante. O clímax é bom e ao final do livro temos curiosidade pelos demais volumes.

 

 

Comente via Facebook

Comente via Facebook

About the author

Graduada em Comunicação Social (Rádio e Televisão) com habilitação em roteiro. Paulistana. Gosta de dias nublados, leituras densas, música, cinema, gastronomia, e escrever.

1 comentário

Deixe um comentário

Arquivos
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Seguir modo abstrato
%d blogueiros gostam disto: